f Portal BSD: Satélite - TV Digital - IPTV - 3DTV - SES - A solução Free-To-Air

Você está no fórum Satélite


Responder tópico
SES - A solução Free-To-Air
Pág. 1, 2  Próximo

Benni BSD
Jundiaí - SP
Localização: Jundiaíbr.gif
Mensagem: #1
26/08/2020, 14:47
Administrador

A solução Free-To-Air da SES funciona a partir do #satélite SES-10, localizado na posição 67º W. O serviço de transmissão de sinal de TV aberta por satélite em banda Ku, leva canais populares diretamente para residencias e também para provedores em todo o país: https://www.ses.com/latin-america/free-air-solution #SESImpact

IMAGEM-POST-2-AGOSTO

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #2
26/08/2020, 16:30

Perfeito o descrito. Há anos que no hemisfério Norte existem centenas de Tvs FTA Ku. Por exemplo, varias Al Jazeera e nós sem nenhuma, nem na banda C.Tv direta as casas tem de ser na banda Ku, ainda mais em tempos de videos na Internet e mais fibra otica. Não conheço ninguem aqui no Interior, interessado em instalar uma antena da banda C. E só temos 5 canais digitais terrestres.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


ivivi
Pres. Venceslau/São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #3
26/08/2020, 16:41

HeitorPosada escreveu:
Perfeito o descrito. Há anos que no hemisfério Norte existem centenas de Tvs FTA Ku. Por exemplo, varias Al Jazeera e nós sem nenhuma, nem na banda C.Tv direta as casas tem de ser na banda Ku, ainda mais em tempos de videos na Internet e mais fibra otica. Não conheço ninguem aqui no Interior, interessado em instalar uma antena da banda C. E só temos 5 canais digitais terrestres.


Caro colega, sou estudante de Engenharia de Telecomunicações, algumas semanas atrás um de meus professores estava falando dessa problema "Televisão via Satélite em Banda C vs. 5G", que o cenário é o mesmo do "4G LTE (ou 4.5 G) vs. TV Analógica em UHF", onde ocorreu o desligamento e remanejamento dos canais para que o 4.5G pudesse ser ativado.
Na opinião dele, que é especialista (doutorado) no assunto, o mesmo deve ocorrer para o 5G, ou seja, os canais de televisão em Banda C certamente serão remanejados para a Banda Ku, pois é a solução mais viável e simples, a alternativa de instalação de filtros nos LNBFs é muito mais complicada.

Eu também tenho essa opinião, será melhor e mais fácil que se mude todos os sistemas de televisão via satélite para a banda Ku.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Ernani José Vilela dos Re
Três-Lagoas - MS
Mensagem: #4
26/08/2020, 16:53

ivivi escreveu:
HeitorPosada escreveu:
Perfeito o descrito. Há anos que no hemisfério Norte existem centenas de Tvs FTA Ku. Por exemplo, varias Al Jazeera e nós sem nenhuma, nem na banda C.Tv direta as casas tem de ser na banda Ku, ainda mais em tempos de videos na Internet e mais fibra otica. Não conheço ninguem aqui no Interior, interessado em instalar uma antena da banda C. E só temos 5 canais digitais terrestres.


Caro colega, sou estudante de Engenharia de Telecomunicações, algumas semanas atrás um de meus professores estava falando dessa problema "Televisão via Satélite em Banda C vs. 5G", que o cenário é o mesmo do "4G LTE (ou 4.5 G) vs. TV Analógica em UHF", onde ocorreu o desligamento e remanejamento dos canais para que o 4.5G pudesse ser ativado.
Na opinião dele, que é especialista (doutorado) no assunto, o mesmo deve ocorrer para o 5G, ou seja, os canais de televisão em Banda C certamente serão remanejados para a Banda Ku, pois é a solução mais viável e simples, a alternativa de instalação de filtros nos LNBFs é muito mais complicada.

Eu também tenho essa opinião, será melhor e mais fácil que se mude todos os sistemas de televisão via satélite para a banda Ku.
. Entendo que Ku não terá problemas com 5 G. Porém que tem antena C, basta trocar o Lnbf para Ku e novo alinhamento. Para quem não tem C, aí sim a antena Ku. Porque de modo ou outro, terá que tocar a antena ou Lnbf

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #5
26/08/2020, 17:28

No caso do 5G não vejo problemas: 3,5 GHz, enquanto Tv banda C normal é a partir
de 3,7. O uso Ku para direto as casas é o ideal, face justamente se poder usar antenas na media de 60 cm. São baratas não só pela produção em massa ,como pelo tamanho e composição.LNB Ku também é barato. Não a toa a propria Globo testa há algum tempo, seu primeiro sinal independente em Ku, no SES10.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


ivivi
Pres. Venceslau/São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #6
26/08/2020, 17:30

Ernani José Vilela dos Re escreveu:

Entendo que Ku não terá problemas com 5 G. Porém que tem antena C, basta trocar o Lnbf para Ku e novo alinhamento. Para quem não tem C, aí sim a antena Ku. Porque de modo ou outro, terá que tocar a antena ou Lnbf


Hoje já vemos nos Estados Unidos a aprovação da FCC para a total liberação dos serviços de TVRO na Banda C para dar lugar às transmissões do 5G, pelo andar da carruagem o mesmo deve acabar acontecendo aqui no Brasil, em minha opinião.

Mas de qualquer forma quem vai decidir isso é a Anatel e os lobbies das empresas interessadas.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


J. Roger
Varginha - MG
br.gif
Mensagem: #7
26/08/2020, 17:44
Colaborador Canais

Ernani José Vilela dos Re escreveu:

Entendo que Ku não terá problemas com 5 G. Porém que tem antena C, basta trocar o Lnbf para Ku e novo alinhamento. Para quem não tem C, aí sim a antena Ku. Porque de modo ou outro, terá que tocar a antena ou Lnbf


Isto se for antena de chapa ou fibra, porque se estiver falando de antenas teladas, aí já pode encontrar problemas porque a maioria das telas usadas nas antenas teladas banda C são muito ruins para utilização em banda Ku, e neste caso, se optar somente pela troca do LNBF pode resultar em perda de rendimento, pois quase sempre o sinal fica abaixo do rendimento de uma antena offset, e aí sim, pode sofrer com a temida queda de sinal ku durante as chuvas, muito mais do que quando se utiliza offset ku própria.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #8
26/08/2020, 18:17

Lembrando que LNB Ku para posição central em antenas Focal Point, deve ser LNB Ku
Focal Point. Na parte eletronica é igual ao Off Set, todavia fisicamente os LNB Ku Off Set diferem dos Ku Focal Point. Usar um Ku Off Set numa antena Focal Point, acarreta perdas (posição central). Todavia, se serrar fora a ponta cônica metalica dos Off Set, fica igual ao Ku Focal Point industrializado.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #9
26/08/2020, 18:44

ivivi escreveu:
Hoje já vemos nos Estados Unidos a aprovação da FCC para a total liberação dos serviços de TVRO na Banda C para dar lugar às transmissões do 5G, pelo andar da carruagem o mesmo deve acabar acontecendo aqui no Brasil, em minha opinião.

Mas de qualquer forma quem vai decidir isso é a Anatel e os lobbies das empresas interessadas.


Exatamente colega, exatamente. Quem vai decidir é a ANATEL juntamente com as empresas de telecomunicações. Não tem nada a ver esta história de Banda Ku ser melhor, mais barato, etc. Eu não vou investir em antena Banda Ku. Vai morrer aqui a recepção via satélite com o possível fim da Banda C.

Temos que aguardar o andamento da carruagem. Se todas as emissoras de TV vão migrar da Banda C para a Banda Ku, no novo satélite D2 todas as frequências da Banda C, vão ser usadas só para o 5G é isso???

Pelo que estão dizendo, vai ser um Deus nos acuda, mudar toda a estrutura das empresas que dependem da Banda C, para acomodá-las na Banda Ku e todas as empresas não só de TV e Rádio, como bancos, empresas de ensino à distância, etc, etc.

Eu prefiro viver um dia de cada vez e não vou me estressar por causa de "achismos" e os "videntes", que aqui ficam postando mensagens que podem nem se concretizar.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #10
27/08/2020, 11:24

Por falar em banda C, o postista Roger publicou há pouco que lhe doaram nada mais nada menos que uma Embrasat de fibra, 2,60m, perfeita. Era de uma empresa, desativando sistema via satélite. Lembram que há anos as escolas publicas tinham conjunto satelital para ver a Tv Escola ? Hoje é raro ver isso - talvez lá na Amazonia.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


ivivi
Pres. Venceslau/São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #11
27/08/2020, 16:30

Walter Sandes escreveu:
ivivi escreveu:
Hoje já vemos nos Estados Unidos a aprovação da FCC para a total liberação dos serviços de TVRO na Banda C para dar lugar às transmissões do 5G, pelo andar da carruagem o mesmo deve acabar acontecendo aqui no Brasil, em minha opinião.

Mas de qualquer forma quem vai decidir isso é a Anatel e os lobbies das empresas interessadas.


Exatamente colega, exatamente. Quem vai decidir é a ANATEL juntamente com as empresas de telecomunicações. Não tem nada a ver esta história de Banda Ku ser melhor, mais barato, etc. Eu não vou investir em antena Banda Ku. Vai morrer aqui a recepção via satélite com o possível fim da Banda C.

Temos que aguardar o andamento da carruagem. Se todas as emissoras de TV vão migrar da Banda C para a Banda Ku, no novo satélite D2 todas as frequências da Banda C, vão ser usadas só para o 5G é isso???

Pelo que estão dizendo, vai ser um Deus nos acuda, mudar toda a estrutura das empresas que dependem da Banda C, para acomodá-las na Banda Ku e todas as empresas não só de TV e Rádio, como bancos, empresas de ensino à distância, etc, etc.

Eu prefiro viver um dia de cada vez e não vou me estressar por causa de "achismos" e os "videntes", que aqui ficam postando mensagens que podem nem se concretizar.

Abs,
Walter - Very Happy


Caro colega, como disse, nos EUA o FCC aprovou um pagamento de US$9,7 bilhões para a liberação do espectro em Banda para o 5G por lá, e em todo mundo, todos os países vão trabalhar na mesma faixa de frequência, que vai de 3,4 a 3,6 GHz a fim de existir a compatibilidade de equipamentos e aparelhos em qualquer lugar.

Tudo o que falei é baseado em fatos e não em achismos ou preferência pessoal, como disse, minhas informações veem de fontes técnicas, esse professor é um dos pesquisadores de 5G, que participa de grupos de pesquisa com representantes de universidades de vários países.

Sugiro que leia um pouco sobre as pesquisas do Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL) e do CPqD sobre os filtros que estão sendo estudados e desenvolvidos para tentar garantir um convívio entre o 5G e a TVRO em Banda C. Caso esses apresentem uma eficiência comprovada e tenham um custo menor, com certeza será mais fácil essa opção, porém isso dependerá da evolução dessas pesquisas e dos testes. É bem interessante.

Caso queira alguma sugestão de fontes técnicas, estou à disposição,
Abraços.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #12
27/08/2020, 18:51

ivivi escreveu:
Tudo o que falei é baseado em fatos e não em achismos ou preferência pessoal,

Sugiro que leia um pouco sobre as pesquisas do Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL) e do CPqD sobre os filtros que estão sendo estudados e desenvolvidos para tentar garantir um convívio entre o 5G e a TVRO em Banda C.


Caro colega, desculpe-me se eu me expressei mal, mas eu não disse que você estava praticando "achismos", mas alguns aqui que se sentem os donos da verdade, usam bolas de cristal para ficar fazendo "previsões" do que vai ou do que não vai acontecer com a Banda C, por causa do 5G.

Além de ofenderem os colegas do Fórum, chamando-os de "arlequins", são perfeitos em tudo o que dizem, nunca estão errados.

Eu penso o seguinte: vamos aguardar o andar da carruagem para ver o que a ANATEL vai decidir. Se a Banda C acabar para as emissoras de TV e Rádio e a opção for migrar para a Banda Ku, ótimo. Se não acabar, ótimo. Uma solução vai ter que surgir até o fim de 2021/2022, sob pena do Brasil ficar fora do 5G. Simples assim. Certo????

Agradeço pelas dicas, lerei sim suas sugestões técnicas. Grato.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #13
27/08/2020, 20:08
Administrador

Segue a melhor forma de coexistir a Banda C com o 5G, segue testes.
Já pensaram nos custos altíssimos transferir milhões de antenas para a Banda KU?

As empresas de Tv não querem assumir este ônus.

Bem provável que fique a Banda C e poderá perder uma parte de frequências baixas até 3,8 Ghz.

Com o novo satélite da Embratel Star One D2, vai acelerar a digitalização de antenas parabólicas, com mais espaços nos transponder.

Abs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #14
27/08/2020, 20:24

Crispim, concordo com o que você disse. Talvez o novo satélite D2 seja lançado exatamente planejando a chegada do 5G, por isso a antecipação da sua construção e lançamento para este ano ou quem sabe início de 2021. A vida útil do C2 ainda está longe, mas a Embratel já se antecipou. Se ela perder todos os seus clientes da Banda C, vai ser um prejuízo e tanto. Enfim, vamos aguardar. É só o que podemos fazer.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Hiperbólico
Ribeirão pires - Sp
Mensagem: #15
27/08/2020, 22:15

O custo da mudança da banda C p/ KU é de 2,9 bilhões foi a anatel q falou. Na minha opinião essa mudança nunca vai ser feita

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


digital_scientist
São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #16
28/08/2020, 03:06

- A banda C não vai acabar agora no Brasil e nem tem como.
- O custo para uma "migração" é muito alto. Algumas pessoas gostariam que assim o fosse. A banda KU é muito mais fácil de trabalhar e é mais barata no quesito das antenas.
- O que vai ocorrer e isso já está decidido nos bastidores é a realocação das frequências do satélite. Porém, nos grandes centros, com certeza, poderá ocorrer problemas com interferências e mais uma vez, prejudicando o já "decadente" sistema de recepção via satélite. Os filtros nos ensaios, não estão se saindo muito bem.
- Ainda não será dessa vez que os satélites da SES serão o novo "hot position" e o novo D2 não trará a banda KU para a massa, substituindo a banda C.
- As parabólicas são hoje um dos imbróglios para o 5G, mas não o principal. Até porque, quem usa antena parabólica é aquele que não tem outra opção por viver em um local distante das infraestruturas e como muitos aqui, entusiastas.
- Aliás, seria prudente dizer nesse caso, que o 5G não estará presente no país todo como o 4G é hoje e nesses locais remotos, não haverá interferência.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #17
28/08/2020, 05:38

A Embratel anda preocupada com essa historia ; tanto que já enfatizou que o D2 será " potente " (banda C ), se poderá usar antenas menores. A propria Globo, pela primeira vez, faz testes em Ku, com canal proprio e no
SES10 - e ainda libera acesso pelo Sat HD, ainda que só em Verimatrix atualmente. No Hemisfério Norte , para canais FTA, só Ku. Não precisa migração massiva; basta as Tvs irem aos poucos alugando canais.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


J
Arapiraca - Alagoas
br.gif
Mensagem: #18
28/08/2020, 09:11

HeitorPosada escreveu:
A Embratel anda preocupada com essa historia ; tanto que já enfatizou que o D2 será " potente " (banda C ), se poderá usar antenas menores. A propria Globo, pela primeira vez, faz testes em Ku, com canal proprio e no
SES10 - e ainda libera acesso pelo Sat HD, ainda que só em Verimatrix atualmente. No Hemisfério Norte , para canais FTA, só Ku. Não precisa migração massiva; basta as Tvs irem aos poucos alugando canais.


E segundo o que andei lendo na internet,parece que os testes feitos até agora com filtros contra o 5G não foi satisfatório e não agradaram a ANATEL.

Eu mesmo não acredito que o sathd regional mude pra banda Ku,as afiliadas da Globo estão mudando de frequência no C2,se fossem mudar pra Ku não estariam mudando de frequência no C2 e sim,fazendo teste na Ku.

Eu já defendi a banda Ku mas estava vendo um jogo no SES 10,choveu e o sinal caiu,mudei pra o C2 e o sinal estava firme e forte.Com o lançamento em breve do D2 e a possibilidade de ser captado com antena de chapa de 1m ou 1,20m vai ficar ainda mehlor.

De qualquer forma, seja na banda Ku ou na banda C, não vou reclamar pois o sinal é de graça.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #19
28/08/2020, 09:34

É insignificante "perda de sinal " Ku com tempo muito fechado. Isso , quando ocorre, é por tempo muito breve - e geralmente só atinge sinais fracos. Tanto que é largo o uso da banda Ku para transmissão de dados, onde se deve evitar ao maximo qualquer interrupção - e nesses casos mais criticos, sempre usam antenas de fibra maiores. Consta que os dados satelitais da Caixa Econômica Federal, transitam pela banda Ku.Em situações profissionais é comum o uso da banda Ku com antenas maiores. Por exemplo, a Tv Aparecida lá em Aparecida tem nada mais nada menos, que uma Embrasat 3,20m para o MUX Vaticano do Hispasat. No Sudeste pegamos bem esse MUX com antena de 60 e, para grande folga, uma 90 cm resolve.A perda do interesse por recepção FTA-Tv, de satélites, em especial na banda C, é muito grande. Aqui na Região dos Lagos RJ, em media 100 km da Capital, continuamos com uns 5 canais digitais terrestres; entretanto há mais de 15 anos não vejo uma antena nova para banda C, nas casas.Lojas que vendiam, agora só por encomenda. Sinais da Capital, só chegam em poucos lugares e mesmo assim precarios.
A " briga" das tecnologias vai longe. Por exemplo, também na questão da telefonia celular, entre 2G, 3G, 4G e 5G.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


IgorSl
São Luís - Maranhão
br.gif
Mensagem: #20
28/08/2020, 13:08

HeitorPosada escreveu:
A Embratel anda preocupada com essa historia ; tanto que já enfatizou que o D2 será " potente " (banda C ), se poderá usar antenas menores. A propria Globo, pela primeira vez, faz testes em Ku, com canal proprio e no
SES10 - e ainda libera acesso pelo Sat HD, ainda que só em Verimatrix atualmente. No Hemisfério Norte , para canais FTA, só Ku. Não precisa migração massiva; basta as Tvs irem aos poucos alugando canais.


Claro ela é dona do projeto e do satélite, tem que vender sua propaganda, até por essa indefinição não perder os atuais clientes e não ganhar outros novos, seriam prejuízos de milhões ainda mais gastando caro num novo projeto de colocar um satélite novo em órbita, produção e custos de operação que são nada baixos. Precisa pelo menos garantir a continuidade de seus serviços pra manter seus clientes atuais, ela faz o correto, tem muitas que já saíram.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Página 1 de 2 Pág. 1, 2  Próximo
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • VCFAZ
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br